Home
Oficina de Formação – Educação Inclusiva- da concetualização às práticas (25 horas presenciais+ 25 horas presenciais não presenciais)

Oficina de Formação – Educação Inclusiva- da concetualização às práticas (25 horas presenciais+ 25 horas presenciais não presenciais)

Razões justificativas da ação: Problema/Necessidade de formação identificado

O Decreto-Lei n.º 54/2018, relativo ao regime geral de educação inclusiva, introduz desafios na forma de organizar a escola e as salas de aula de modo a atender às necessidades de todos e de cada um dos alunos. Por isso, exige adaptações importantes e significativas das escolas e dos seus profissionais. Desta forma, torna–se crucial existirem momentos de reflexão, formação e partilha onde possamos, em conjunto, apreender os modelos teóricos subjacentes à nova legislação, integrar esses modelos e promover a alteração das práticas em cada contexto escolar. Esta oficina de formação propõe-se a ser um desses espaços de partilha e de reflexão onde os docentes possam perspetivar as suas práticas em função das exigências da nova legislação, construir alternativas, colocá-las em prática e disseminá-las nos seus contextos de trabalho.

Esta oficina de formação destina-se a Educadores de Infância e docentes do ensino básico e secundário de todas as escolas e agrupamentos associados do CFAE MarcoCinfães, que se dividirão por duas turmas, uma a funcionar no Marco e outra em Cinfães. O número limite de formandos por turma é de 22.

Ver cronograma –turma Marco.

Ver cronograma- turma Cinfães.

Os formandos serão selecionados pelas Direções das respetivas Escolas e Agrupamentos. As inscrições decorrem até 26 de junho. Deverão ser feitas através do seguinte link:

https://forms.gle/MfxvoKJ12hSpgQ517

O comprovativo de inscrição não constitui garantia de inclusão na turma. A constituição da turma será divulgada até 48 horas antes da realização da ação de formação na página do CFAE MarcoCinfães e enviada para as Direções das escolas e agrupamentos associados e para os respetivos representantes na Secção de Formação e Monitorização na Comissão Pedagógica do CFAE.