Home
OFICINA DE FORMAÇÃO “TUTORIA EM CONTEXTO ESCOLAR: O PAPEL DO PROFESSOR TUTOR – T1” – Inscrições

OFICINA DE FORMAÇÃO “TUTORIA EM CONTEXTO ESCOLAR: O PAPEL DO PROFESSOR TUTOR – T1” – Inscrições

(15 horas presenciais e 15 horas de trabalho autónomo)

Razões justificativas da ação: Problema/Necessidade de formação identificado

Na Lei de Bases do Sistema Educativo (Lei n.º 46/86, de 14 de Outubro) está determinado, nos seus princípios, que “o sistema educativo responde às necessidades resultantes da realidade social, contribuindo para o desenvolvimento pleno e harmonioso da personalidade dos indivíduos, incentivando a formação de cidadãos livres, responsáveis, autónomos e solidários e valorizando a dimensão humana do trabalho”.
Os desafios que se colocam atualmente às escolas e aos professores, por um lado, a nível da inclusão dos alunos, respondendo à incumbência de promover uma efetiva igualdade de oportunidades, e, por outro lado, na gestão da diversidade pessoal, familiar, social, económica e cultural existente na comunidade educativa, impulsionam o exercício de reflexão e reformulação dos modelos de orientação e intervenção educativa praticados.
A Escola e a Família são os contextos socializadores primordiais das crianças e jovens, devendo, por isso, realizar um trabalho colaborativo e assumir um papel ativo promotor de comportamentos e atitudes, bem como de orientação na construção do projeto de vida pessoal, escolar e profissional. A Escola, porém, marcada por alguma rigidez organizacional, frequentemente mostra-se incapaz de dar resposta adequada a alunos provenientes de contextos de risco e/ou que exibem comportamentos disruptivos, problemas de conduta, insucesso escolar, desmotivação académica, remetendo-as, muitas vezes, para entidades externas, nomeadamente as CPCJ.
Como uma das respostas possíveis a estes alunos, existe a figura do professor-tutor que se encontra prevista nos documentos de referência da maioria das escolas/agrupamentos de escolas, nomeadamente no Regulamento Interno e nos Projetos Educativo e Curricular. Os objetivos principais da intervenção do professor-tutor junto dos alunos “tutorados” centram-se no apoio individual para melhorar a organização pessoal e o estudo, promover a integração e inclusão escolares, incentivar comportamentos adequados, prevenindo o insucesso, a indisciplina e os comportamentos considerados de risco.
Resultante de um levantamento prévio constatou-se a necessidade de formação para os professores que desempenham tais funções, uma vez que a preparação formal dos mesmos é praticamente inexistente. Além disso, revela-se premente a organização fundamentada das metodologias e procedimentos aplicados neste tipo de apoio, assim como clarificar as competências, funções e o perfil da figura do professor-tutor, partindo do que está previsto na legislação respetiva, mas avançando para a prática, com vista a melhorar o processo organizacional das tutorias.
Enfatiza-se a importância da construção e implementação do Plano de Ação Tutorial, a nível do Agrupamento de Escolas, assim como da elaboração de documentos modelo para a intervenção educativa com os alunos, nomeadamente o Plano de Ação Tutorial Individual.

Esta oficina de formação destina-se a docentes de todos os grupos de recrutamento, de todas as escolas e agrupamentos associados do CFAE MarcoCinfães, com preferência aos docentes dos Agrupamentos de Escolas do Marco, General Serpa Pinto/ Cinfães e Escola Secundária Prof. Doutor Flávio Resende/ Cinfães). O número limite de formandos é de 20.

Ver cronograma aqui.

As inscrições serão aceites por ordem de entrada e decorrem até 9 de março de 2018. Deverão ser feitas através do seguinte link:
https://goo.gl/forms/mv2ccISJhc3Vexyk1

O comprovativo de inscrição não constitui garantia de inclusão na turma. A constituição da turma será divulgada até 48 horas antes da realização da ação de formação na página do CFAE MarcoCinfães e enviada para as Direções das escolas e agrupamentos associados e para os respetivos representantes na Secção de Formação e Monitorização na Comissão Pedagógica do CFAE.